Páginas

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Ezequiel 47:1 a 9 --Torrente das águas purificadoras

 

 
A torrente das águas purificadoras 
Ezequiel 47:1 a 9 1 - Depois disso, me fez voltar à entrada da casa, e eis que saíam umas águas debaixo do umbral da casa, para o oriente; porque a face da casa olhava para o oriente, e as águas vinham de baixo, desde a banda direita da casa, da banda do sul do altar.
2 - E ele me tirou pelo caminho da porta do norte e me fez dar uma volta pelo caminho de fora, até a porta exterior, pelo caminho que olha para o oriente; e eis que corriam umas águas desde a banda direita.
3 - Saiu aquele homem para o oriente, tendo na mão um cordel de medir; e mediu mil côvados e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos tornozelos.
4 - E mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos joelhos; e mediu mais mil e me fez passar pelas águas, águas que me davam pelos lombos.
5 - E mediu mais mil e era um ribeiro, que eu não podia atravessar, porque as águas eram profundas, águas que se deviam passar a nado, ribeiro pelo qual não se podia passar.
6 - E me disse: Viste filho do homem? Então, me levou e me tornou a trazer à margem do ribeiro.
7 - E, tornando eu, eis que à margem do ribeiro havia uma grande abundância de árvores, de uma e de outra banda.
8 - Então, me disse: Estas águas saem para a região oriental, e descem à campina, e entram no mar; e, sendo levadas ao mar, sararão as águas.
9 - E será que toda criatura vivente que vier por onde quer que entre esses dois ribeiros viverá, e haverá muitíssimo peixe; porque lá chegarão essas águas e sararão, e viverá tudo por onde quer que entrar esse ribeiro.
Podemos ficar apenas aqui, sem nos envolver com o Espírito Santo, sem ter um comprometimento com Ele, e esta situação deixa clara a tendência do homem carnal, que é a de ser senhor de si.

Em Gálatas 5:16,17,19 e 24 diz: As obras da carne e o fruto do Espírito Digo, porém: Andai em Espírito e não cumprireis a concupiscência da carne.Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis.Mas,se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia.mas em Atos 1:8- Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.”O Espírito Santo é que traz a unidade com o irmão, Ele tira todos impedimentos com o irmão.

Ezequiel teve duas visões do templo
1 – Templo profanado e á beira da destruição. Cap.8 a 11
2 – Templo purificado e perfeitamente restaurado. Cap.40 a 48. 
No Cap. 44:4 - Depois, me levou pelo caminho da porta do norte, diante da casa; e olhei, e eis que a glória do SENHOR encheu a Casa do SENHOR; então, caí sobre o meu rosto.

O propósito da segunda visão
Ezequiel vê na sua visão um rio vivificador que sai do templo. À medida que o rio avança, vai aumentando em profundidade e largura – PROGRESSO - (v. 2-5), levando vida e progresso por onde passa (v. 9-12). O rio deságua no mar Morto. Este mar é tão salgado que não há vida nele. As águas que vinham do altar desaguavam neste mar, sarando-lhe, de um modo que a vida era novamente possível nele. E lhe dá vida em lugar de morte (v. 8,9) O poder de Deus pode transformar-nos, não importa quão apático ou corrupto possamos ser. Seu poder pode curar até mesmo aqueles que se sentem confusos e sem esperança.

O propósito do rio é comunicar vida abundante, da parte de Deus, a terra e aos seus habitantes (v. 12; Zc 14.8).
1) Esse rio é semelhante ao rio que fluía no jardim do Éden (Gn 2.8-10), e ao rio da vida, da nova Jerusalém (Ap 22.1,2), que flui do trono de Deus. 
2) Esse rio também é semelhante ao que Jesus mencionou: Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre (Jo 7.38). Essa água viva é o Espírito Santo e as bênçãos de vida que Ele veio trazer.

Medida do rio
Deus está nos medindo - Mil côvados (do cotovelo até a ponta dos dedos) que é semelhante à medida completa. 
A cada mil côvados um alcance de estágio. Deus está nos medindo.

Passar pelas águas
1 – Tornozelo: Medida mais rasa (adorou em espírito e contemplou a glória de Deus).
2 – Joelho: A adoração sai do espírito e vai para alma
3 – Lombo: Servidão trabalho. Nível mais profundo. Agora o pecado é igual à força de servir a Deus. É custoso entregar a Deus a força da carne.
4 - Rio que não podia passar afogar a carne e matá-la. Em I Tess. 5:23 - E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
Adorar a Deus em espírito é a forma mais rasa de adorá-lo.
Adorar a Deus em águas mais profundas é a adoração em total dependência dele. Rendidos, entregues, a mercê das águas do Espírito. Aleluia!
Neste estágio é que o rio corre para o mar (Morto, mar que não tem vida, não vaza, não tem nada a oferecer) e traz a vida. Sara as águas.


Baseado numa pregação que ouvi do pastor Luiz Carlos Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google Analytics Alternative